UFMA realiza Celebração Ecumênica de 2020

0

Canções como “Noite Feliz”, “Hallelujah”, “Oh Holly Night”, “Glória”, “Adeste Fidelis”, “The Prayer” e “Jingle Bell Rock”, interpretadas pelo Coral da UFMA, regido por Angélica Vieira da Silva Marques e pela cantora e diretora da TV UFMA Cecília Leite, embalaram a Celebração Ecumênica 2020 da Universidade Federal do Maranhão, que ocorreu de forma remota na noite de ontem, 21, com transmissão ao vivo pelo canal do Youtube da Diretoria de Comunicação (DCom) da UFMA e que contou com a participação do reitor Natalino Salgado, de pró-reitores, diretores de Centros, docentes, técnicos-administrativos e discentes.  

A festividade ainda contou com mensagens natalinas de amor, paz, superação e fé do reitor; de Maria Graça Reis Cardoso, integrante do Tambor de Mina – Casa Ylê Ashe Yemowa e docente do Departamento de Hotelaria e Turismo (Detuh) da UFMA; de Fábio Souza de Carvalho, diretor da Unificação Federação Espírita do Maranhão; de Jedais Azevedo, pastor da Igreja Batista do Olho D’Água; e de Cláudio Corrêa, padre da Paróquia de Santa Terezinha do Filipinho.

O reitor Natalino Salgado discursou que na noite da celebração do culto ecumênico “queria poder abraçar com Deus no coração cada um dos presentes, mesmo que seja virtualmente, todos da comunidade acadêmica e os que estão assistindo pelo canal do Youtube, em que este momento é de profundas reflexões”, em suas palavras.

Ele ainda exprimiu que nas festividades de 2020 todos devem ser gratos por estarem sobrevivendo em meio à pandemia que assola o país e o mundo.  “No ano marcado pelo medo e ansiedade, a gratidão. Muitos não sobreviveram, abatidos pelo vírus que fez a humanidade se espantar ante a fragilidade da vida. Não devemos esquecê-los, famílias tiveram que se readequar e readaptar e seguir adiante. A estas, nossa solidariedade máxima. Nossos corações se unem em preces ainda que pela vida dos profissionais de saúde, gigantes nesta luta contra o inimigo que é invisível e aqui destaco em especial homens e mulheres que atuaram no país inteiro e pelo mundo afora, em especial, na nossa unidade acadêmica Hospital Universitário”, enfatizou.

Mensagens de representantes de várias religiões

Graça Reis, integrante do Tambor de Mina – Casa Ylê Ashe Yemowa, também foi uma das pessoas que deixaram uma mensagem de celebração e esperança na ocasião: “Eu quero deixar a mensagem, representando todas as religiões de matriz africana do estado do Maranhão, que acima de tudo não podemos perder a esperança e ressalto a importância da paz entre nós, que possamos processar a paz que reside no grande criador Oxalá. Que ele nos dê essa paz para que possamos, da melhor forma possível, nos aproximarmos da justiça, com a benção de Xangô. E sendo justa, que não nos falte em nenhum momento de nossa caminhada a sabedoria de Nanã, para que possamos conduzir nossas vidas e a vida dos outros. E nossa sabedoria exige que tenhamos cuidado para cuidar de nós mesmos e de todos aqueles que estão ao nosso redor”.

Fábio Carvalho, diretor da Unificação Federação Espírita do Maranhão, proferiu que Jesus inaugurou um mundo de realeza no mundo, substituindo o berço de ouro por uma manjedoura simples. “Nesta perspectiva, Ele nos conduz ao novo mundo viventes, que se diferencia daquele se encontra posto na sociedade pós-moderna da atualidade. Vivendo uma era de informação, em um período notadamente de uma era de consumo. Filho de uma era de produção, Jesus nos recorda que a felicidade não está no ter”, salientou.

Jedais Azevedo, pastor da Igreja Batista do Olho d’água, chama atenção que o ano de 2020 não deva ser apenas lembrado como o ano da pandemia, mas como o ano em que Deus revela sua real presença para proteger e guardar os seus. “Em março deste ano, todos fomos pegos de surpresas, ninguém estava planejando e/ou cogitando a possibilidade de um vírus. Insegurança, medo, incertezas, interrogações, distanciamento, solidão, desemprego, dúvidas, terror da mídia e lockdown. E agora como vai ficar? A pergunta para muitas pessoas gera a dúvida, onde está Deus? A palavra de Deus nos revela pelo profeta Isaias que Deus continua sentado no alto sublime trono, soberano Senhor de todas as coisas. Porque ao mesmo tempo, o Senhor manifesta sua graça e seu amor, é o Senhor que avalia o comportamento e as atitudes da sociedade”, comentou.   

O padre Cláudio Corrêa declarou que neste tempo, a humanidade é convocada por Deus para que seu projeto se realize e que para este projeto ocorra, Deus utiliza de muitas pessoas. “No antigo testamento, vemos Deus chamar Abraão, Isaac e Jacó. Tirou do pastoreio Davi e fez dele um rei, este Deus que tudo é possível. E trago para a reflexão este texto do evangelho segundo Lucas, quando o anjo Gabriel visita a mãe do nosso salvador. A saudação que ele apresenta: Alegra-te cheia de graça, o Senhor é contigo. Diante desta saudação e do espanto de Maria. O anjo diz: Encontrartes graça diante do Senhor. Que possamos encontrar graça diante de Deus e que tenhamos disposição para responder o apelo Dele”, expressou.

Assista a Celebração Ecumênica 2020 da Universidade Federal do Maranhão

Fonte: UFMA.

Share.

Comments are closed.