Reação e tréplica

0

O governador Flávio Dino (PCdoB) disse que fez proposta ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e Bolsonaro reagiu a tal proposta em favor do emprego.

Nas redes sociais (onde de fato ocorre o “diálogo”), o presidente disse que tem governador que propõe pacto, mas deixa o estado fechado.

Bolsonaro deve não ter se informado o suficiente ou quis passar a ideia de que no Maranhão, as atividades comerciais e se serviços ainda estão restritas.

Tréplica – E a reação do presidente Bolsonaro era tudo o que queria o governador Flávio Dino. Claro que, em resposta, Dino apontou a falta de informação do chefe do Palácio do Planalto.

O que não cola é o que disse o comunista ao apontar que 100% das atividades estão em funcionamento no estado.

Parte dos serviços e do comércio têm autorização, mas com restrições. Já as fiscalizações, que estavam deficientes, foram reforçadas após vídeos circularem em redes sociais.

Estado Maior

Share.

Comments are closed.