Poço perfurado há um ano na zona rural de São Luís é abandonado pelo Governo Flávio Dino

0

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes) abandonou um poço artesiano perfurado pelo órgão há cerca de um ano para servir à comunidade Nova Camboa dos Frades, ao lado da termelétrica da Eneva, próxima à Vila Maranhão, na zona rural de São Luís. É o que denunciam moradores, que clamam por abastecimento para garantir sobrevivência digna às suas famílias.

O poço foi entregue à associação de moradores do bairro, que ficaria responsável pelo controle do acesso à água. Populares denunciam que a pessoa que se apresenta como presidente da entidade comunitária nem sequer mora na região. Ele residiria no Alto da Esperança. Segundo informação repassada ao blog, apenas a vice-presidente da associação mora na localidade. “O poço está pronto, os equipamentos estão instalados. Só falta colocar para funcionar”, afirma um morador, que prefere não se identificar por medo de represália.

O presidente da associação também é acusado de intimidar a comunidade, pois quando comparece à Camboa dos Frades, vai sempre acompanhado de policiais militares.”Chegou a estação seca e água está ainda mais escassa. Estamos à mercê desse homem, mas poucos têm coragem de denunciar”, lamenta o cidadão, acrescentando que o líder comunitário costuma ameaçar as pessoas.

Ainda segundo a fonte, ele se aproveita do cargo para cometer irregularidades e já chegou a vender um único terreno para até três pessoas diferentes.

Por Daniel Matos

Share.

Comments are closed.