O Estado do Maranhão vai de mal a pior

0
O Núcleo de Inteligência SJNOTÍCIASMA recebeu informações veladas dando conta que várias secretárias de Estado estariam com suas linhas telefônicas cortadas por falta de pagamento, dentre as secretárias de governo está a SEGEP.
Além dessas, outras secretarias estão sem como manter contatos telefônicos, sobre tudo com órgãos do interior do Estado, o que está causando problemas ao ponto de interferir no bom andamento dos trabalhos nessas secretarias do governo Flávio Dino
Segundo informações isso é só o início da crise que o Governo comunista está enfrentando no Maranhão, que afetará os órgão públicos com cotes na telefonia, iluminação, abastecimento d’água, fornecimento de alimentação, material de expediente, equipamentos hospitalar para os órgãos da saúde do Estado, cortes de despesas, rescisões de contratos com empresas que prestam serviços ao estado por falta de pagamento e demissões em massas nas UPAs assim como demissões de contratados e terceirizados.
                   
UPAs sem atendimento de qualidade
                   
Os servidores informaram que de março em diante o Estado irá começar a trabalhar no vermelho, o que pode contribuir para um arrocho salarial, exonerações e atrasos nos salários dos servidores públicos do Estado, sem contar a falta de pagamento de aposentados e pensionistas em consequência do desvio do dinheiro do Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria (FEPA), feito pelo governo comunista do Maranhão, onde segundo o TCE, R$144,9 minhões teriam sido desviados, para obras realizadas pelas secretarias de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e de Educação (Seduc). Obras que até agora ninguém viu a não ser os alienados comunistas.
Por: Stenio Johnny
Radialista/Repórter Investigativo
RI/RPJ-MA 0001541
Share.

Comments are closed.