Mulher é executada com requintes de crueldade na cidade de Raposa

0

Uma mulher, identificada apenas como Deusa Maria, foi assassinada com requintes de crueldade na manhã de sexta-feira, 8, em uma residência abandonada, na Rua da Felicidade, na Vila Talita, cidade de Raposa. Segundo a polícia, a vítima era usuária de drogas e o crime não foi caracterizado por feminicídio.

Deusa Maria era natural da cidade de Rosário e estava residindo no município de Raposa há menos de seis meses, na companhia do esposo, identificado apenas como Fuso, que também é usuário de drogas. Ele já foi ouvido pelos policiais e há possibilidade do crime ter sido motivado por drogas.

Adolescente

A equipe da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP) ainda não efetuou a prisão dos três suspeitos de terem assassinado a tiros um adolescente, de 16 anos, na Vila Janaína.

A polícia informou que o adolescente era acusado de cometer vários assaltos naquela localidade, inclusive, em pontos comerciais. No último dia 7, o menor de idade teria realizado alguns atos infracionais na região e foi abordado por três pessoas. O adolescente levou tiros na cabeça e nas mãos e morreu no local.

Mais morte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou, que José Raimundo da Costa Brito, de 41 anos, condutor do Prisma que colidiu com uma carreta, na sexta-feira, 7, morreu, vítima de traumatismo crânio encefálico. Uma pessoa ainda está internada no hospital de Coroatá, em estado grave. São seis mortos nesse acidente.

Os outros mortos foram Luan Alves Silva, de 16 anos; Yani Beatriz Rodrigues Sousa, de 9 anos; Marilândia Silva Bezerra, de 34 anos; Maria da Conceição Rodrigues Filha, de 29 anos; e Arthur Levi Rodrigues da Silva, de 4 anos, natural de Teresina/PI. O acidente ocorreu no último dia 7, no km 196,5 da BR-135, entre São Mateus e o povoado Caxuxa, em Alto Alegre do Maranhão.

Fonte: O Estado MA.

Share.

Comments are closed.