Messi no Manchester City ganharia disparado o maior salário

0

Lionel Messi está cada vez mais longe do Barcelona e mais perto do Manchester City. Se o final da história ainda parece distante, já que o clube espanhol promete bater o pé para não perder o seu grande ídolo, é impossível frear a empolgação de quem sonha em ver o craque na Premier League, ao lado de Kevin De Bruyne, Aguero e Pep Guardiola.

Se esportivamente a transferência faz sentido, qual seria o impacto de Messi no orçamento atual do Manchester City? O ESPN.com.br mostra abaixo números atuais, ou seja, de salários que o argentino recebe no Barça e da folha de pagamento da equipe inglesa. A soma, claro, pode mudar caso as partes negociem um acordo diferente.

Messi recebe anualmente em torno de 50 milhões de euros (R$ 320 milhões) livres de impostos no Barcelona. Essa soma, convertida para a moeda inglesa, seria o equivalente a 44,6 milhões de libras esterlinas, o que representaria, disparado, o maior salário do City.

O jogador mais bem pago no Etihad Stadium por enquanto é Kevin De Bruyne, meia belga que recebe, por temporada, o equivalente a 18,2 milhões de libras (R$ 129,5 milhões pela cotação de momento). Logo atrás dele, aparecem os atacantes Raheem Sterling, com 15,6 milhões (R$ 112,3 milhões), e Sergio Aguero, com 11,9 milhões (R$ 85 milhões).

Messi superaria todos esses em salários, mas, curiosamente, não seria o jogador mais valioso do elenco. Segundo o site Transfermarket, especializado em mercado de transferências, o craque argentino de 33 anos está avaliado em 112 milhões de euros (R$ 806 milhões).

Nesse cenário, Messi ficaria atrás de Sterling, com 128 milhões de euros (R$ 921 milhões), e De Bruyne, com 120 milhões de euros (R$ 863 milhões). O argentino fecharia o pódio dos mais valiosos, deixando para trás o português Bernardo Silva, com 80 milhões de euros (R$ 575 milhões).

A engenharia financeira para encaixar um jogador como Messi é um desafio para o City, que teria oferecido um plano de carreira e também prometido ao jogador que a transferência é possível. Resta saber se o atacante chegaria de graça, via Justiça ou liberação do Barcelona, ou seria necessário fazer algum pagamento ao atual clube.

O City, segundo a imprensa inglesa, tem separado um montante de 150 milhões de euros (R$ 1,07 bilhão) para oferecer ao Barça, mas o time espanhol promete bater o pé e só liberar o astro pelo pagamento completo da cláusula contratual, que é de 700 milhões de euros (R$ 5,03 bilhões).

Fonte: ESPN.

Share.

Comments are closed.