Mais de 90 mil pessoas deixaram de votar em São Luís

0

A eleição de 2020 foi marcada pela pandemia da covid-19, tanto que três candidatos a prefeito de São Luís foram abatidos pela doença. Porém, o medo e a insegurança em relação a doença trouxeram um impacto ainda maior, o percentual de abstenção foi enorme. Mais de 140 mil pessoas deixaram de votar e isso, aliado aos votos brancos e nulos pode ter sido decisivo para o resultado final da eleição.

Em 2020, 20,92% do eleitorado ludovicense deixou de votar, representando 146.455 eleitores. Em 2016, esse número foi de 14,07% representando 92.830 ausentes. Foram 50 mil ausentes a mais, o que pode ter sido decisivo para eleição de alguns vereadores.

Os votos nulos e brancos se mantiveram estáveis. Em 2016, 16.535 votaram em branco e outros 25.449 anularam. Já em 2020, esse número ficou em 16.683 votos brancos e 24.786 votos nulos.

Somando os ausentes, nulos e brancos foram 187.924, isso representa mais de 27% do eleitorado de São Luís. O percentual poderia ter sido suficiente para garantir uma vitória de Eduardo Braide no primeiro turno ou até mesmo ter colocado Neto Evangelista no segundo turno.

Historicamente, o segundo turno o percentual de ausentes é ainda maior e pode ser mais uma vez decisivo…

Por Diego Emir.

Share.

Comments are closed.