Madeira cumpre a risca medidas sanitárias em Convenção Eleitoral

0

Superior em respeito e demonstração de empatia às convenções partidárias dos candidatos Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Neto Evangelista (DEM), Duarte Júnior (Republicanos) e Eduardo Braide (Podemos), que ignoraram a pandemia e agiram com descaso com a população da capital e familiares de vítimas da Covid-19, a confirmação de candidatura a prefeito de São Luís de Carlos Madeira, realizada pelo Solidariedade nessa quarta-feira 16, no Bairro de Fátima, não estimulou e evitou aglomerações, cumprindo o decreto estadual sobre a quantidade máxima de pessoas em eventos no Maranhão.

Seguindo regras sanitárias e de segurança para evitar a contaminação ou a propagação do novo coronavírus, o evento foi realizado em local com ventilação aberta, controlado por uma equipe de brigadistas, com medição de temperatura, acesso limitado de pessoas, uso obrigatório de máscaras e álcool gel e distanciamento dos participantes.

“Os candidatos devem ser os primeiros a dar o exemplo de que respeitam as medidas sanitárias”, disse Madeira em videoconferência. Diagnosticado com Covid-19 há quase duas semanas, ele se recupera da doença em isolamento domiciliar.

Além de oficializar o nome de Madeira na disputa pelo Palácio de La Ravardière, a convenção homologou também Capitão Jeremias na vice, e cerca de 40 nomes para a Câmara Municipal de São Luís.

De acordo com a assessoria do candidato a prefeito, a convenção conseguiu alcançar o objetivo do Solidariedade, “ao promover uma grande festa democrática, com a participação efetiva de lideranças políticas e comunitárias, além de uma militância comprometida com os ideais de justiça social, eficiência e transparência na gestão pública”.

“Procuramos fazer um evento equilibrado, demonstrado a força e a capacidade de vitória das nossas candidaturas e ao mesmo tempo respeitando as normas de segurança em tempos de pandemia”, destacou o presidente do partido, Simplício Araújo.  

Atual7

Share.

Comments are closed.