Felipe Camarão: Aliado ou Algoz?

0

A poeira debaixo de um tapete só passa a ser vista quando o acumulo de sujeira é muito grande.

Recentemente, induzido pelos comunistas que atualmente infestam a SEDUC, dentre eles, vários que são de fora do nosso Estado, o então secretário tem realizado possíveis contratos “irregulares” em sua secretaria. Tais feitos podem custar a eleição de Flávio Dino para a presidência, retirando teoricamente seu então amigo e Governador do páreo de 2022.

Veja no vídeo abaixo um dos erros cometido por Felipe Camarão:

A deputada federal Carla Zambelli (PSL) vai entrar com uma representação no Ministério Público contra o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). “Esse ato de improbidade não pode ficar impune”, escreveu Zambelli em sua página oficial no Twitter.

O senador Roberto Rocha (PSDB) ingressou com uma ação popular contra o governador Flávio Dino (PCdoB), contra a editora Confiança Ltda e contra o Estado do Maranhão, por improbidade administrativa, após a Seduc ter formalizado contratos de cerca de R$ 1,3 milhão em assinaturas da revista Carta Capital em 2019 e 2020, segundo a representação, para promoção pessoal do chefe do Executivo.

Em tempo: durante a semana este blog irá demonstrar outros processos da SEDUC que estão em posse do editor e que podem culminar na saída de Felipe Camarão da Secretária de Educação, ou pode “engrossar o caldo” no processo por improbidade administrativa de Flávio Dino.

Share.

Comments are closed.