Extorsão: Pseudo líder comunitário barganha entrega de documentação de casas em São Luís

0

Mais um escândalo envolvendo o pseudo líder comunitário Douglas Monroe no Habitar Nice Lobão/Apaco. Através da Corregedoria Geral de Justiça, de acordo com provimento 25 de 2015, iniciou-se a entrega das documentações das residências da comunidade. A entrega tem sido feita por dois topógrafos que estão recebendo dinheiro dos moradores, porém a analise da documentação tem sido feita dentro da casa de Douglas Monroe o que tira toda a credibilidade do processo, e ele tem dito de forma clara a todos os moradores que a entrega da documentação só vai ser realizada para aqueles que são ligados a ele, deixando de fora quem não segue seu comportamento escuso.

No período eleitoral o pseudo líder comunitário foi de casa em casa avisar que as ruas estavam recebendo camada asfáltica e pedindo voto para Márcio Jerry, Flávio Dino e Edvaldo Holanda.

O asfalto foi enviado pelo o secretário de estado Cleiton Noleto e com aval do secretário da SEMOSP Antônio Araújo.

Monroe é diretor administrativo do posto de saúde e vem desde muito tempo usando o posto de saúde em benefício próprio. Sua esposa que ocupa o cargo de Diretora da Escola municipal da comunidade, manda e desmanda ao seu bel prazer e o acompanhou nessa saga de visitar as casas pedindo votos.

Douglas Monroe tem vários boletins de ocorrência contra ele por agressão física e ameaça, e agora ele está cobrando um valor de 30% por fora para os moradores para a entrega da documentação. Ele que não faz parte de nenhuma entidade, até porque perdeu a presidência da Associação de Moradores judicialmente, tem realizado essas barbaridades já de olho na próxima eleição da associação do bairro. Ele também faz parte do grupo que vendeu um terreno da associação dos moradores para a igreja Assembléia de Deus da  Apaco.

Existem várias denúncias de moradores em que ele ameaça as pessoas que elas vão ter que submeter a ele para poderem receber a documentação de suas residências.

A entrega da documentação era um anseio da comunidade há muito tempo. As Dras. Oriana Gomes e Luzia Madeiro Nepomuceno têm sido providencial na oferta desse grande presente para a população do bairro, porém os moradores têm solicitado para que seja montada uma comissão imparcial com a associação de moradores e associações culturais.

Existem várias casas em litigio, inclusive uma das casas que estão nessa situação teve a venda atestada e assinada por Douglas Monroe o que mancha todo o processo de entrega dessas documentações.

Por fim é necessário que a Corregedoria Geral da Justiça investigue essas acusações que são seríssimas sobre Douglas Monroe e a entrega das documentações das residências do Habitar Nice Lobão e puna os envolvidos que estão ameaçando e extorquindo os moradores em um direito legal que ele possuem.

Por Júlio Belargo

Share.

Comments are closed.