EXCLUSIVO! Dono do STRESS ZERO morre com suspeita de Covid-19 na UPA do Itaqui Bacanga! Governo do Maranhão segue calado!!

1

Recebemos em primeira mão, a informação que o ex-jogador do MAC e proprietário do Bar e Restaurante Stress Zero localizado na Ponta do Bonfim, morreu nesta terça-feira (31) com suspeita de Covid-19.

Com 69 anos e portador de hipertensão, na última sexta-feira apresentou falta de ar e foi levado para a UPA do Itaqui-Bacanga. Mesmo sendo entubado assim que chegou, após 2 horas ele não resistiu e veio a falecer.

Com a suspeita que estava infectado com o coronavírus, a equipe médica não liberou o corpo para o velório, somente para 10 familiares e por no máximo 10 minutos. Em seguida foi realizado o teste para a Covid-19 com previsão de resultado em 7 dias.

A administração da UPA conversou com a família e pediu para que essa informação não fosse divulgada, mas não como quem pede para que não seja criado um alarde, mas de quem foi orientado para maquiar os dados de pessoas infectadas e das mortes pelo coronavírus.

Vale destacar que o Hospital Aquiles Lisboa, bem próximo do estabelecimento da vítima e bastante frequentado pelo mesmo, é referência para o tratamento de hanseníase. A unidade também atende a população em consultas ambulatoriais em 10 especialidades. O hospital disponibiliza atendimentos à população em clínica médica, endocrinologia, ginecologia, neurologia, nutricionista, obstetrícia, ortopedia, pediatria, reumatologia e urologia. Seria bastante prudente o isolamento da área  e uma busca ativa de casos na população da região tendo em vista a vulnerabilidade imunológica da população que frequenta o hospital.

A grande dúvida que fica é porque o governo Flávio Dino não liberou os testes rápidos para esse tipo de situação? A vítima era muito querida por parentes, clientes e amigos. Sua família foi privada de oferecer um velório digno (e a palavra “digno” virou jargão dos projetos de Flávio Dino, mas na realidade não é o que acontece…), por conta da suspeita da covid-19 e pelo enorme prazo, de uma semana, que foi dado para a liberação do corpo, são dois sofrimentos, o da perda de um ente querido e o dessa burocracia que aflige a todos.

O teste rápido para coronavírus é realizado de forma muito simples. É colhido uma gota de sangue, via pequena perfuração na ponta do dedo, espalhada depois em uma tira. A visualização do resultado é clara, informando em cerca de dez minutos se o diagnóstico é negativo ou positivo. Diferentemente do teste laboratorial, a tecnologia instantânea pode ser operacionalizada por qualquer profissional de saúde e utilizada em unidades básicas de saúde, pois não requer uma grande estrutura laboratorial e tampouco colaboradores com alto grau técnico. O exame possui confiabilidade de 99,3%, ou seja, de cada 100 casos testados, 99,3 apontarão um resultado correto.

É muito grave o que o governo está fazendo, Flávio Dino estava se orgulhando do Maranhão ter sido o último estado a apresentar casos de infecção pelo o coronavírus, mas será mesmo que não tínhamos casos ou os dados tem sido maquiado desde então? Será que já não houveram outras mortes por coronavírus que não foram divulgados pelo governo? Tudo indica que sim, se formos comparar que outros estados do nordeste com uma estrutura na área da saúde e na economia muito mais fortes tiveram dezenas de casos por que o Maranhão que tem o pior IDH do Brasil foi o privilegiado?

Agora os familiares não sabem o que fazer, não estão tendo nenhuma espécie de acompanhamento, o que é muito perigoso, pois uma das pessoas que tiveram contato com a vítima antes de sua morte encontra-se gestante e com uma criança de colo.

Deixamos aqui as nossas condolências a toda a família. Sentimos muito que nesse momento de dor os amigos não possam estar compartilhando de forma presencial, porém estamos em oração para que seus corações sejam confortados.

O momento é de aumentar os cuidados com a prevenção. Isso vale para todos, não é porque você está fora dos grupos de risco (idosos, pessoas com diabetes e problemas cardiovasculares, por exemplo) que não deve ficar atento. Ao se proteger, você evita que o problema avance e protege todos ao seu redor. Então, evite frequentar lugares aglomerados ou por onde passam muitas pessoas. Se puder, prefira ficar e trabalhar em casa. Ao se expor desnecessariamente, você corre risco de ficar doente. E mesmo que tenha apenas sintomas leves da covid-19 (ou nem tenha sintomas), estará sujeito a transmiti-la a quem pode apresentar problemas graves, colocando um número maior de vidas em perigo.

Share.

1 comentário

  1. Pedro braga on

    Que irresponsabilidade. Meu tio morreu de infarto. Não consigo entender como existem pessoas irresponsáveis como vc, que será responsabilizado criminalmente por isso.