Em meio a crise, Flávio Dino quer gastar R$ 63,5 milhões com comunicação em 2019

0

A Assembleia Legislativa do Maranhão deve votar amanhã, após acordo de lideranças, o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019 encaminhado pelo governo Flávio Dino (PCdoB).

Em meio à onda de cortes anunciados pela gestão comunista (saiba mais) – e concomitantemente ao aumento de impostos (reveja) -, chama atenção a previsão de gastos com a Comunicação no ano que vem.

Segundo a proposta enviada ao Legislativo, o orçamento da Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap) será de R$ 63,5 milhões.

Desse valor, ainda de acordo com a peça orçamentária, R$ 20 milhões estão reservados à “Divulgação das Ações Governamentais”; outros R$ 6 milhões para a “Realização e Promoção de Eventos”; R$ 4 milhões para “Publicidade de Atos Legais”; e, ainda, R$ 8 milhões para “Assessoria de Comunicação”.

Quase R$ 24 milhões

Em 2018, segundo o Orçamento ainda em execução, os gastos com publicidade e propaganda já foram altos.

Numa rápida pesquisa, que levou em consideração apenas os contratos mais vultosos e conhecidos, o Blog do Gilberto Léda identificou pagamentos da ordem de R$ 23,6 milhões a cinco empresas.

Segue a lista:
C. A. Mallman  R$ 3.689.869,93
Clara Comunicação – R$ 12.633.685,49
Eurofort – R$ 2.021.728,69
Informe Comunicação – R$ 4.488.942,09
Texto e Arte – R$ 737.836,65

Por Gilberto Léda

Share.

Comments are closed.