Diego Costa cita condições que poderiam fazê-lo aceitar oferta do Brasil

0
Gazeta Press

Torcedor assumido do Palmeiras, o centroavante Diego Costa, do Atlético de Madrid, revelou ter um passado alvinegro. Em entrevista à ESPN Brasil, o brasileiro naturalizado espanhol contou que torcia para o rival Corinthians antes de se tornar um fã da equipe alviverde.

“Nossa, na época boa do Palmeiras não tinha como. Edmundo eu gostava demais na época do Palmeiras. Evair… só jogadorzaço! Mas eu vou ser bem sincero, antes de ser palmeirense eu torcia para o Corinthians. Então o Palmeiras veio pra fase boa e eu virei palmeirense (risos). É que eu gostava muito do Viola antes”, declarou o jogador de 31 anos.

Diego Costa ainda descartou uma possível vinda ao futebol brasileiro no momento. O atacante nascido em Sergipe, que nunca atuou profissionalmente em seu país natal, apontou a forte pressão nos jogadores como um fator decisivo para pensar duas vezes sobre o retorno ao Brasil.

“Eu voltando para o Brasil, o pessoal vai esperar muito. Para poder jogar no Brasil, tenho que ver se tenho condições de voltar. Porque você jogar lá é pegar uma pressão boba. Tudo que você conquistou aqui, o brasileiro não tem esse negócio, xinga mesmo. Então, tem que pegar uma proposta boa e um time bom”, disse.

“Algo que me faltaria é jogar no Brasil, mas a questão é como seria. Porque aqui (na Europa) você tem pelo menos um pouco de respeito, ninguém chega no treino te xingando. Futebol é só um trabalho normal, tem dias bons e ruins. Envolve muito a cabeça, um jogador bom sem confiança é um jogador normal e ruim. No Brasil, o time fica em uma fase ruim e pegam os nomes fortes”, completou.

(Fox Sports)

Share.

Comments are closed.