Deputado Wellington reúne com moradores do Itaqui Bacanga sobre denúncia de água contaminada por minério

0

Por meio do projeto “Conversando com a comunidade”, o deputado estadual Wellington do Curso esteve, na última segunda-feira (04), em reunião com os moradores do bairro Gapara, na região do Itaqui-Bacanga. O objetivo foi discutir sobre o grave problema de falta de água e a possibilidade de contaminação da água em 09 poços da região.

De acordo com os relatos dos moradores, há quem sofra com a falta de água e há quem tenha acesso a água com fuligem e aspecto escurecido.

“Os relatos dos moradores confirmam o descaso do poder público quanto à concessão de água. Há quem sofra com a falta de água e, por isso, tenha até mesmo que comprar água, por exemplo. Há, também, aqueles que tem acesso a água por meio dos poços artesianos, mas que tem sido concedida com fuligem e aspecto escurecido. A população desconfia que a água esteja contaminada por partículas de minério, vez que os bairros afetados são cercados por mineradoras. Fato é que é necessária a adoção de providências. Por isso, estamos oficiando o Ministério Público, a Agência Nacional de Água , a Agência Nacional de Mineração, o Governo do Estado, por meio da CAEMA, entre outras autoridades, para que investiguem a situação em caráter de urgência”, afirmou o deputado Wellington.

Ainda como encaminhamento da reunião, o deputado Wellington vai requerer ao Laboratório de Tecnologia Química da Universidade Federal do Maranhão que realizasse análises físico-químicas, microbiológicas e microscópicas a fim de identificar se a água é própria para uso ou não. Alem da solicitação de um Plano Emergencial para que a CAEMA restabeleça o fornecimento de água. Será proposto pelo parlamentar uma Audiencia Publica para tratar com todas autoridades e também a Vale do Rio Doce e outros grandes empreendimento na área, para tratar sobre os possíveis crimes ambientais e os impactos para a saúde da população. Bem como a possiblidade da abertura de uma CPI.

Share.

Comments are closed.