CUIDAR DO CORPO E DO ESPIRITO

0

No mundo pós-moderno, a super valorização da estética do corpo humano tem se tornado cada vez mais uma “obrigação”.  Estamos sempre preocupados em manter a boa forma e aparência física, dispostos a muitos sacrifícios para permanecermos com o peso ideal. Realizamos caminhadas, frequentamos academias, selecionamos o que devemos comer, outros fazem uso de medicações que trazem consigo fórmulas milagrosas que garantem a perda daqueles  quilinhos a mais que nos incomodam. É claro que tal  sacrifício é válido, para termos o corpo que desejamos.

Como é bom sentir-se bem, receber elogios acompanhados de frases: Como você está bem! Emagreceu, perdeu a barriga, está ótimo(a)! E envaidecidos ou orgulhosos nos tornamos alvo de motivação, por conseguinte a tais elogios vem as seguintes perguntas quase nessa ordem: Como você conseguiu? O que está tomando? Quem é seu médico? E sem ao menos percebermos vamos logo dando a tal “receita do sucesso”. Fazemos questão de orientar, ensinar tudo que fizemos para perder peso e ter o corpo tão almejado.

Aqui nos cabe uma afirmação, que precisamos sim cuidar da saúde para termos qualidade de vida, porém, cuidar do nosso corpo não se resume somente a estética, ir à especialistas, frequentar assiduamente academias, fazer uso de medicações. O mesmo cuidado, devemos ter com o espirito. Acredito que quando falamos do cuidado com a saúde,  vai muito além de cuidar do corpo físico, a matéria, mas também da alma. Somos um todo, corpo e alma. Saúde implica também em cuidar das emoções, sentimentos, intelecto e outras dimensões que assim como estas, passam pela dimensão espiritual.  Como está o nosso espirito? O que somos capazes de fazer para ficarmos bem espiritualmente? O que a espiritualidade representa para cada um de nós?

Caminhamos com intensidade para manter viva a fé? Frequentamos assiduamente a igreja  para manter o corpo, templo de Deus, em forma? Fazemos dietas, evitando ingerir coisas negativas, para de fato nos preenchermos de Deus? Estamos dispostos a ensinar outras pessoas a praticarem o bem e a justiça? Quais são os exercícios espirituais que estamos praticando diariamente?

Com a mesma intensidade que cuidamos do físico, devemos também cuidar do espirito, pois de nada vale ter o corpo em forma, a saúde física boa, e vivermos numa tibieza espiritual. Continuaremos cada vez mais cheios de nós mesmos e consequentemente vazios espiritualmente. É preciso  estar bem interiormente, em paz com Deus e com o próximo. É bom escutarmos elogios que somos bons cristãos, homens e mulheres de oração, que aproveita toda e qualquer oportunidade para se alimentarem da Palavra e da Eucaristia. 

Cuidemos da vida de forma integral, físico e espiritual, buscando sempre o equilíbrio entre o útil, o agradável e o necessário, descartando o que nos é supérfluo. Que as nossas ações possam sempre agradar a Deus.

Pe. Admilson de Jesus

PSJBatista de Vinhais

Share.

Comments are closed.