Carlos Junot coleciona contratos milionários com a SECULT de Marlon Botão

0

Não é de hoje a relação pública entre o Secretário Municipal de Cultura de São Luís – SECULT, Marlon Botão e o empresário Carlos Junot Araújo Campos. Montantes milionários já foram movimentados entre os dois.

Conforme apuração deste blog, Carlos Junot recebia apoios e patrocínios da SECULT, via C.J.A Campos Serviços ou Fênix Produções, registrada junto à Receita Federal na Avenida Castelo Branco, Edifício Tokio, sala 103, bairro São Francisco em São Luís, não satisfeito resolveu criar e presidir, o Instituto Maranhense de Cultura, Esporte e Lazer-IMCEL, registrado na Avenida dos Holandeses Nº 07, Sala 906, edifício Metropolitan Market Place, em São Luís.

A C.J.A Campos Serviços, ou Fênix Produções, recebeu dinheiro para capacitar organizações culturais para a criação da Rede de São Luís de Projetos Ponto de Cultura, que na prática não tivemos nenhuma efetividade.

Já como presidente do IMCEL, Carlos Junot recebeu o valor de R$ 2.529.325,95 (dois milhões quinhentos e vinte e nove mil trezentos e vinte e cinco reais e noveta e cinco centavos) para realizar o carnaval, e meses depois, mais R$ 3 milhões para realizar o São João da Maria Aragão. Não satisfeito ainda, arrematou o aniversário de São Luís no valor de R$ 894.418,80 (oitocentos e noventa e quatro mil quatrocentos e dezoito reais e oitenta centavos), a Feira do Livro pelo preço de 427 mil e as festividades do Natal que custaram R$ 749.974,50 (setecentos e quarenta e nove mil novecentos e setenta e quatro reais e cinqüenta centavos).

Agora, em 2019, a união Botão/Junot permanece mais firme do que nunca. Juntos, a dupla assinou mais um contrato milionário, nº 01/2019, assinado em dia 31 de janeiro, ao valor de mais de R$ 3 milhões para a realização do Carnaval da Passarela, no Anel Viário.

O último arremate de Junot foi o aniversário de São Luís e as festividades do Natal, já empenhados desde o dia 11 de julho no valor de R$ 4.373.519,14 (quatro milhões trezentos e setenta e três mil quinhentos e dezenove reais e quatorze centavos).

Dessa forma Junot é quem realmente gerencia o orçamento municipal da cultura em São Luís. As más línguas falam que ele é quem dar as ordens na SECULT.

Share.

Comments are closed.