Alguns desafios do primeiro ano de mandato de Eduardo Braide

0
O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), terá grandes desafios no primeiro ano de gestão à frente do Palácio La Ravardière. Em suas redes sociais, o deputado Neto Evangelista elencou alguns pontos que o gestor terá que enfrentar.

Um deles é o fato de que São Luís alcançou o último lugar no ranking entre as capitais do Nordeste na avaliação da qualidade da administração local pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), considerando quesitos de desempenho, finanças e gestão. A capital maranhense teve média de 4,95 no Índice de Governança Municipal (IGM), que varia de 0 a 10. Outro levantamento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) apontou São Luís com a pior situação fiscal dentre todas as capitais brasileiras.

“Além disso, sem recursos específicos para a Covid-19, sem compensação sob a queda de arrecadação e com o fim do auxílio emergencial, o desafio será grande e a capacidade de pagamento proferida pelo STN nos dá a CAPAG C, a pior. O novo gestor receberá a prefeitura com restos a pagar acima dos 650 mil. Será uma missão difícil, mas não impossível. Eduardo terá que arrumar literalmente a casa”, destacou o parlamentar.

Fonte: Blog da Sílvia Tereza

Share.

Comments are closed.