49 trabalhadores são demitidos da Emap

0
O Núcleo de Inteligência recebeu na manhã da terça-feira(29), informações veladas que a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), demitiu de uma só vez 49 servidores, há indícios que empresa estaria quebrando.
As demissões na Emap, já estavam sendo esperadas devido a péssima gestão do governador comunista Flávio Dino, que desviou 144,9 milhões de verbas federais destinadas ao Porto do Itaqui, Tal desvio irá contribuir para o Maranhão perder o controle financeiro e operacional de um dos maiores portos do mundo.
Segundo a fonte, as investigações estão avançadas e dentro em breve, será deflagrada um a operação MPF em conjunto com a Polícia Federal, para prender os envolvidos no esquema de corrupção e apreender documentos, equipamentos e efetuar bloqueio nas contas bancárias dos envolvidos. O suposto esquema de corrupção na EMAP envolvendo o Governo comunista do Maranhão teria começado em meado de 2016.
A fonte nos informou que pelo andar das investigações, até o final o final de maio a bomba vai explodir e tornar público mas um escândalo de corrupção no governo comunista do Maranhão, envolvendo amigos do governador Flávio Dino, secretários de Estado, políticos da base governistas, diretores da EMAP e empresários.
Enquanto isso o Governador comunista sub judice do Maranhão, continua se achando o cara, perseguindo e destruindo a vida dos seus adversários e daqueles que não rezam a castilha comunista do seu governo no Maranhão e ao mesmo tempo desafiando o nosso presidente Jair Bolsonaro, postando em sua rede social piadinhas e alfinetadas, faltando com o devido respeito ao nosso presidente Bolsonaro.
Esperamos que o Governo Federal dê uma resposta ao governador do Maranhão, para mostrar a ele que aqui é Brasil e esse  governo comunista, não pode continuar mergulhado no mar da corrupção e impune, sendo governado do jeito que Flávio Dino quer, passando por cima da própria Constituição Federal.
“A justiça precisa agir com urgência no Maranhão senhor presidente, sob pena desse governador comunista quebrar um Estado que já está falido. Disse a fonte”!
Veja aqui a narrativa dos fatos por uma fonte velada de notícia
“Foi muita Sacanagem”!

Em uma única manhã triste e cheia de choro de janeiro de 2019, Demitiram em fila, 49 servidores da Emap.  A justificativa do critério foi: A Antiguidade de Cargo – ou seja, “Os da gestão anterior”.

Mandaram embora,  vários pais e mães de família que eram uma boa parte da memória da empresa. Os algozes foram covardes ao ponto de não dispensarem estes profissionais no início da gestão.
Fizeram-se de amigos todo esse tempo, à estes funcionários que detinham informações essenciais, trabalhavam de forma competente, honesta e eficiente, a anos. Tanto que os mantiveram, enquanto sugavam todas as informações e expertisse necessárias para o trabalho. Quando conseguiram o que queriam, mandaram embora profissionais competentes e dedicados, o DNA do Porto do Itaqui
 
Após transformarem a EMAP, o Porto do Itaqui, em um inchado “Cabidão de Empregos” submetido a troca de favores e repleto de puxa sacos amedrontados, se mostram em uma gestão sem planejamento e irresponsável, demitindo colaboradores importantes com 10, 20 anos de serviços prestados ao Porto do Itaqui e ao Maranhão.
O governo do Estado mostra explicitamente em ações como essa, a verdadeira e tão falada face desta gestão comunista, ou seja, perseguidora e centralizada que hoje assola o Estado falindo o Maranhão.”
Share.

Comments are closed.