30 de junho é Festa de São Marçal: dia Nacional do Bumba Meu Boi e dia Municipal do Brincante do Bumba Meu Boi

0

Considerada a “maior festa espontânea do Brasil”…exageros ou não, se trata da maior festa da cultura maranhense, se levarmos em conta a quantidade de pessoas em um só dia num só lugar: em média 200 mil pessoas. É praticamente um feriado não oficial no bairro do João Paulo!

Espontânea porque é feita pela comunidade para a comunidade. Mas sua origem não é exatamente espontânea: há quase 100 anos atrás, surgiu da proibição aos grupos de Bumba meu boi de seguirem para a área central da cidade.

É mais do que isso: é a celebração da cultura genuína da nossa Ilha de Upaon Açu, com seus batalhões pesados do Sotaque de Matraca que vem de todos os cantos da nossa Ilha e arrastam multidões em um verdadeiro “CarnaBoi” que começa ainda de madrugada e termina somente na próxima madrugada, neste dia que é o Dia Nacional do Bumba meu boi, manifestação do folclore brasileiro que ganha no Maranhão a sua maior e mais rica expressão, tida como Patrimônio Imaterial do Brasil e da Humanidade.

O som beira a hipnose num êxtase coletivo: imagina milhares de matracas e pandeirões percutidos e entremeados pela voz dos cantadores potencializada pelas caixas de som de mini trios elétricos, juntando brincantes, fãs e simpatizantes em uma só aglomeração na Avenida que foi rebatizada com o mesmo nome do santo. 

Tudo isso debaixo de um sol de rachar que eleva consideravelmente o calor humano dessa festa regado a muita bebida, suor, cantoria, dança e caldo de feijão. 

É uma festa profundamente mestiça e maranhense. Celebra essa nossa gente alegre e festeira originada do encontro do indígena com o negro e o branco. É uma festa que tem a alma da brasilidade! 

Tudo isso em homenagem a São Marçal, celebrado somente aqui.

No ano de 2006 a prefeitura atribuiu à Festa de São Marçal o título de bem cultural Imaterial transformando a data no Dia Municipal do Brincante de Bumba meu boi, fechando os festejos juninos maranhenses com chave de ouro e com a cara da nossa terra!

Do blog Reginaldo Cazumbá

Share.

Leave A Reply

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.